Inventar contigo

Palma1m.jpg

"Encosta-te a mim,

nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim,
(...)
dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou,
deixa-me chegar.
Chegado da guerra,
fiz tudo pra sobreviver em nome da terra,
no fundo pra te merecer
recebe-me bem,
não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói,
não quero adormecer.
Tudo o que eu vi,
estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo..."

Jorge Palma

Comentários

Enes disse…
O Palma sabe dizer as palavras "assim". É por isso que eu gosto =)