sábado, março 10, 2007

Hit the road

De mãos no volante sinto-me no mundo. Acelero a emoção e travo só antes de colidir. Como na minha vida. Deixo-me levar até cair. Hoje enquanto serpenteava entre rotundas e ruas estreitas, aproximando-me desafiante dos outros carros, imaginei que tinha um botão para lançar os outros borda fora, e seguir sem mais vozes a tentar dirigir a viagem. Adeus a quem me obriga a ser eu, vou para lado nenhum.
Talvez, um dia...

Gonna hit the road, and I won't come back no more, no more, no more, no more.

2 comentários:

AR disse...

é por isso q eu gosto de andar a pé...por essa estrada fora*

Ninfa disse...

hit the road girl! bora pegar no carro e ir por aí. vamos bazaaaaaaaaaar uh lá lá