segunda-feira, março 05, 2007

Cara de Anjo Mau



Image and video hosting by TinyPic

Até a mim me seduzo”, pensa, afastando o cabelo do sorriso simples em sensualidade. Como uma mola esticam-se de repente os lábios carnudos numa janela de si de onde se ri maliciosa a certeza de ser o que quer na sua admirada beleza. Os olhos pequeninos fecham-se numa fresta de negro vivo e misterioso. Sem maquilhagem sente o rosto de pele suave e dedica-lhe Jorge Palma. “Teus olhos são cor de pólvora e o cabelo é o rastilho”.
Sai de rompante de casa, leva uma pequena mala e a música de mp3 no bolso, a harmonia que a completa.
Primeiro café do dia. O empregado, um jovem moreno, sorri galanteador enquanto a serve. “Ela tem poder e nem parece notar”, pensa enquanto lhe serve o combustível dos seus dias, cafeína.
Caminha para o comboio com a boca amarga da bebida sem açúcar, mania já com anos de gostos fortes. E ri-se da ironia do seu mp3. Toca “Cara de Anjo Mau” quando o monstro do transporte arranca uivando veloz e forte. E troca um sorriso cúmplice com a voz de Jorge Palma, quando o cantor a avisa: “Teu modo de andar é uma forma eficaz de atrair sarilho”…

5 comentários:

Ninfa disse...

fiquei a trautear a música na cabeça...

Joana Isabel Santos disse...

Eu diria..até a mim me seduzes!

susana gomes disse...

eu também me seduzo...chiu...na contes isto senão ainda me tomam por narcisista..

AR disse...

palma power!
=D

FC disse...

ou, poder na palma (da mão =D) **