quarta-feira, setembro 05, 2007

There she goes, there she goes again...

Autocarro, comboio, metro... Metro, comboio, autocarro. Arrasto-me adormecida mas logo as luzes e azáfama da urbe despertam e agitam a vida em mim, por pequenos mas rápidos passos vou ziguezagueando pelas ruas e tantos rostos iguais, o turbilhão da capital girando pelos meus olhos, montanha-russa. Infinito horizonte da minha janela, a Avenida da Liberdade.

Gosto. Sinto-me bem no meio de tudo, esqueço o resto, agora sou apenas eu e a cidade, ardendo louca e fugazmente como tabaco pela vida.

6 comentários:

Cátia disse...

Depois da calma de um cantinho à beira Espanha plantado, retornaste à azáfama da cidade. Ainda bem que te adaptas facilmente a essa mudança.

Já tinha saudades dos teus textos!

Beijinhos da prima

amelie disse...

esta música condiz muito contigo...sempre a saltitar de um lado para o outro de mp3 no ouvido =) **

Ninfa disse...

chama-se a isso ...vida de trabalhadora:P:P

delusions disse...

:) uma cidade rodopiante...

Bjinho* e bons rodopios pela capital.

Diligentia disse...

já tenho uma amiga responsavel e que trabalha. E muito posh...avenida da liberdade. Sim senhor. Glad you're back.

SB

xuxana disse...

agitação, rodopios, voltas e reviravoltas!

és imparável :)