Um sonho maior que eu

Não quero despir o sorriso de que os meus olhos se vestiram hoje. Cheguei, louca, de coração-tambor quase a rebentar, sem vontade de limpar a cara, mudar de camisola, tirar o colar. Na sala grande e branca a poesia voou e foi melodia sem orquestra entre os quadros de reis e princesas de outros tempos. Imaginei um piscar de olhos no sereno semblante da Majestade à minha esquerda, como se fossemos a sua especial corte de arte e fantasia. Como se estivessemos no século XIII e Miguel Ângelo fosse dali a quinze minutos pintar um fresco naquelas imaculadas paredes, como se os nossos nomes contassem na lista de convidados para um baile de D. Pedro I, como se fossemos passar um serão com Eça de Queirós, excêntricos amigos da mesma geração. Que emoção e que ansiedade. O meu cabelo esvoaçava cada vez que me mexia, que roía as unhas, que sorria sem querer, que baloiçava os pés. A cadeira era perfeita, tão alta que pude baloiçar o meu nervosismo. Os meus pés ainda são tão infantis. E as minhas pernas são pequeninas e gostam de brincar, de dançar de lá pra cá debaixo da mesa mesmo que toda a gente consiga ver. Afinal eu ando sempre a saltitar, bolinha de ping-pong que rompe a gravidade. Sou tão pequenina para um mundo tão grande! Mas o acreditar de tantas vozes foi maior que o medo, e hoje as minhas palavras podem voar até onde o meu sorriso não chega. Eu quero reinventar o mundo pelas minhas fantasias. E é bom não o fazer sozinha. Quero fazê-lo com todos os leitores da minha vida.

Post-Scriptum: Estas letras são dedicadas aos sorrisos que hoje brilharam no lançamento do nosso livro. Um grande ABRAÇO a todos!

Comentários

e.l.i.c.i... disse…
Não não, o mundo é que é pequeno para vós, poetisas fingidoras, Ísis e Ninfa pessoanas, cheias de letras mágicas que se vão soltando. Por isso, todos nós guardamos pedacinhos de vós distribuídos pelos nossos corações.
Foi lindo =)*
delusions disse…
Que texto expressivo e bonito parece uma dança...
bjs*
Ninfa disse…
obrigada a todos por este dia mágico e a ti isis especialmente...unidas nas letras,,
Vitor Alvito disse…
é nestes momentos que reparamos o que a felicidade dos outros nos afecta! Senti-me como se estivesse eu próprio no vosso lugar, com um nervoso miudinho tão grande antes e durante a apresentação que não conseguia concentrar o meu olhar sem ser no sorriso daquelas duas meninas que mereceram todo aquele momento!
Foi muito bom estar presente naquele momento tão importante para vós!!
sem palavras.....
Alexx disse…
Adorei!! Amei!! Fiquei tão contente, tão feliz, tão orgulhosa, tão a transbordar de emoções que nem sei classificar... Foi um momento único, mágico, que vocês mereceram :) E eu sinto-me muito feliz por tê-lo podido partilhar convosco. Não o trocava por nada (nem por um 20 a Sociologia =P )... Adoro-vos, meninas***
Ninfa disse…
oh pá alexx e vitor agora puseram-me toda emocionada..grr e eu k ontem n tinha net pa ver!=)
Pakena Ticá disse…
Fiquei com pena de não poder ter ido... Fico contente que este momento tenha sido assim... mágico. Tal como o post =D

Beijinho para as 2 meninas
AR disse…
ainda bem que correu tudo bem!!!
=))
kero um autógrafo!!
***

(p.s - só faltaram vcs no jantar!!)
Kathy disse…
Deve ter sido um dia mágico, como quiseste demonstrar pelo teu texto. Pena que não pude estar lá para me orgulhar ainda mais de ti.

Fico à espera de ver as letras soltas perdidas em alguma livraria! ;)
Vitor Alvito disse…
LetraSoltas Press com peça pronta....