quinta-feira, fevereiro 01, 2007

Acordar é que eu não queria

"Ninguém volta ao que já deixou
(...)
Ninguém lembra nem o que sonhou
(...)
Ao largo ainda arde
A barca da fantasia
O meu sonho acaba tarde
Deixa a alma de vigia
Ao largo ainda arde
A barca da fantasia
O meu sonho acaba tarde
acordar é que eu não queria."

O Pastor, Madredeus

4 comentários:

susana disse...

eu também não quero acordar..

Ninfa disse...

o sonho acaba tarde...ha sonhos que não deviam acabar nunca... porque quando acordamos cortaram as asas..e nós que enquanto sonhámos pudemos voar...mas se for um pesadelo então eu tenho medo de adormecer às vezes..ligo a luz e digo que não até que os olhos se fechem de cansaço..o sonho e o pesadelo...reverso da mesma medalha

susana disse...

tou a ouvir madredeus, por acaso!(só por acaso!)

Arthur disse...

Assim que dá meio-dia nas sextas já terei comido rabada com agrião ou outras de mesmo porte.Agora a uma hora sinto o sono sem sonho, sem cama e sem braços.Fico balanço no espaço e assustando nos passos do calor carro-chefe dessa cidade.