quinta-feira, janeiro 05, 2006

Carrossel


 Posted by Picasa

Sair de casa numa tarde solarenga a ouvir música fez-me entrar numa realidade paralela. Sim, é mais uma das minhas viagens, como alguém uma vez me disse, mas senti-me num vídeo de música, daqueles em que os cantores percorrem cidades e cidades a pensar em tudo o que viveram, atravessando locais em obras e estradas sem problemas e sem serem atingidos. Caminhando pelas notas de uma melodia ritmada e uma letra sorridente, só me faltava dançar no alcatrão e soltar a minha voz por entre o sopro do vento. E é estranho como a tortura de uma longa e cansativa viagem entre autocarro, comboio e metro se transformou em meios sorrisos de tontinha nos olhares das outras pessoas. Foi como uma viagem de carrossel em que o meu carro era um disco de música, e as melodias eram pequenos momentos que iam rodando em reminiscências do meu pensamento. Fechando os olhos, baixavam em mim as luzes fortes dos holofotes de mil cores cortadas por pequenas sequências de danças e sorrisos eufóricos, de pessoas tão minhas familiares. E eles estiveram comigo de novo, na monotonia dos meus dias sempre iguais.

8 comentários:

Istet disse...

belo texto:P
lamento discordar...mas nao me atrevo a ouvir o cd do robbie... nunca gostei dele e axo o novo single (perdoame a palavra) askeroso:P
***

Hizys disse...

gostos são gostos. =) eu gosto. mas ainda gosto mais de umas músicas dele mais antigas. vá, temos a Ísis em comum. =) ****

susana disse...

Escutar a música dos outros (e a nossa) é realmente uma viagem fascinante,na qual, em apenas alguns segundos,conseguimos colocar todo o nosso ser em ebulição=)**

Pato Suicida disse...

A musica é algo nosso, uma lamechice intima. E nem sempre que é partilhada, se transmite o gosto. Mas... =)

Pato Suicida disse...

"no regrets"? parece...

Hizys disse...

"no regrets"? também. mas estava a ouvir "trouble with me".

Hizys disse...

ou road to mandalay. já não sei!

CherryMi* disse...

como eu te compreendo..e como é bom fazer parte de tudo isso num dia rotineiro*