my wonder moon

Gosto das noites quentes de verão. Noites quentes de agosto em que apenas uma suave brisa embala os passos do meu caminhar. Caminho até avistá-la, máscara de luz no negro do céu. A lua. Adivinho-lhe a boca, o nariz e os olhos que os outros não conseguem ver. Ar de máscara antiga e imponente. Lembra-me o carnaval de Veneza, o carnaval que sempre foi a minha vida. Dou por mim a ansiar novas aventuras . E ao olhar de forma profunda a lua, sei que a centenas de quilómetros daqui, nesse mesmo céu poderás contemplar esta mesma lua. E sei que estás perto, o teu respirar na brisa de verão e o teu olhar reflectido na lua. Passeio em mim e estico os pés para tentar chegar ao sonho redondo do luar. Mas é tão longe, oh tão longe! Resta-me dar passos no quintal e sonhar com histórias e aventuras de sorrir que a noite me traz. Só ela me recorda quem sou e o fascínio da vida. Tão breve e bela, tão vã e valorosa. Rodopio de braço dado com os sonhos e recordo as palavras de uma música que toca na rádio. «Lua lua eu quero ver o teu brilhar». Salto e pulo e a lua parece troçar de mim. Dos . sentimentos e emoções. Quimera brilhante pousada no etéreo reino. Obrigada por esta noite. Por me mostrares a beleza simples de uma noite quente de verão. Em mangas de camisa e de coração aberto numa noite de luar.

Comentários

delusions disse…
Desde pequenina que a lua me encanta... E já experimentei essa sensação de alguém poder estar a contemplar a mesma paisagem lunar que eu, mesmo que à distância, como se assim ficasse mais perto. E essa música... Combina na perfeição.

Bjinho*
Izys disse…
noites de verão com clarividências! o letras tá bem bonito e tratado =)