All the heroes are dead

"Foi então que o rapaz compreendeu que as feridas do seu herói residiam num lugar mais sombrio. O seu coração, outrora capaz de inspirar os outros de forma tão completa, não conseguia inspirar-se a si mesmo. Batia meramente por hábito. Batia só, porque conseguia bater."

WonderBoys, realizado por Curtis Hanson, 2000



Hoje desprezo-te porque não tenho sorriso para te mostrar. Não te consigo abraçar e dizer que continuo a mesma, e se me beijasses de novo calava tudo o que se passou e não ias gostar de saber. Sempre me admiraste, sempre disseste que um dia ia escrever o nosso romance... Hoje a chuva parece chorar a minha cobardia, a chamada que fica por fazer, a vontade de contar tudo que fica presa na garganta... A próxima a jogar sou eu, o teu peão está lá à frente, o dado está parado e o meu peão na partida. Mas prefiro ser heroína de ontem que comum mortal de hoje, prefiro apagar o que fui e ser ainda a tela brilhante que pintaste de mim! Não te quero beijar na mentira. Esquece, porque eu esqueci. Fomos felizes para sempre naquele momento, e chega.

"If I go crazy then will you still
Call me Superman?
If I’m alive and well, will you be
There a-holding my hand
?"

Kryptonite, 3 Doors Down.

Comentários

e.l.i.c.i... disse…
Eu continuo a acreditar em super-heróis, sem fato e sem super-poderes, que mesmo assim são super, um Peter Parker, um Clark Kent, um Diego de la Vega, eles existem, só temos de os encontrar, por baixo da máscara.
joana* disse…
Ai...identifiquei-me com isto..:$
As tuas palavras são tão doces, pequena Ísis...mesmo quando o sentimento é amargo.
AR disse…
de qualquer maneira...és uma super woman!
;)*
Ninfa disse…
Podes escrever ainda o vosso romance...talvez um filme. que tenha um final, como alguns amores têm. E agora, que ele para ti se despiu da capa de super homem e não é mais que uma memória de algo que foi e já não é, já podes ser objectiva, já o podes escrever sem vestígios de patetice apaixonada. Agora que ele te sobra e não te falta. Agora que ele é mentira e não verdade. Os herois morreram. Ficaram as lágrimas que darão lugar a novos sorrisos. E a novos herópis.Enquanto pessoas, como tu, continuarema inventar histórias...em que lees possam caber mm k n saibam voar. eu acredito ainda.
Pakena Ticá disse…
Mesmo que no fundo pense que n existem, eu gosto de acredtar nos super-homens :) é giro imagina-los.. e é bom sonhar ;)

tinha saudades do blog! sim..msm saudades... n tenho tido net =(
aaiii...

**
Alexx disse…
"I took a walk around the world to ease my troubled mind..."

Talvez precises de desanuviar e tentar esquecer heróis que há muito ficam perdidos na infância... Todos somos apenas comuns mortais escondidos atrás dos escudos com que encobrimos o que sentimos. Porque é importante parecermos fortes, porque é importante sentirmo-nos fortes... Mas às vezes é difícil, muito difícil...

E às vezes um momento apenas chega para durar a vida inteira... Um só momento verdadeiro é melhor que uma vida de falsos momentos, não é?

Madrinha, adoro as tuas palavras, tocam sempre bem fundo. Adoro-te***
FC disse…
Existe uma e outra?, não me importo de ser (o) desconhecido e poder ir lendo... :)