quarta-feira, março 29, 2006

Malas prontas

Eu hoje vou fugir. Pegar na mala, cansada de estar fechada no armário lúgubre e asfixiante.Hoje, um dia seguinte a um ontem e um ontem de um qualquer amanhã.Hoje parto para um lugar muito longe da agitação agonística das ruas da urbe. Um topos onde cai neve fria em flocos no nariz, nas mãos, nos olhos.Onde a neve tem aroma de sonhos e não derrete. Onde o mar é azul, muito azul e transparente e a areia faz cócegas nos pés. Ouvirei o som de pianos e violinos e irei abrir os braços e rodopiar, rodopiar sobre um sol abrasador até cair no chão. Rir da minha insanidade.

Por isso eu queria escapulir.Porque as minhas paredes são escuras.Porque o meu hoje nunca mais passa a amanhã. Mas o meu topos é utopia.Sobram-me as frustrações. a janela, fechada ainda, e o som do piano, apenas na rádio. O prazer de um capuccino acabado de fazer,de uma mão a segurar a minha, com cuidado, minha mão-cristal. Conseguirias colar a minha mão-cristal se, porventura, a quebrasses?Se tu podes colar a minha mão-cristal, será que eu sou capaz de realizar um desejo meu?

Talvez se pedir a uma estrela cadente. Uma moeda num poço de desejos. Se fizer muita força. Era um desejo. Tão pequeno como um ínfimo sopro.Um. Um passo.Uma hora. Um desejo.

5 comentários:

Hizys disse...

não podemos fugir da agonística da urbe. sê mais forte que ela, parte a tua mão cristal e faz dela mão ferro, mão sorriso mais forte que as lágrimas. e se partires, esconde-te num cantinho um bocadinho, e depois volta...=)

Hizys disse...

ah, e parece que andas atenta às aulas de sociologia da comunicação :P*

AR disse...

gotta have faiiiittthhhh!
=)))

o desejo português...algo que fica por sempre em suspenso...que mira saudosamente a sua realização suspensa...eternos preliminares...

b gud*

dodie disse...

ha ha ha ha ha ha tro la fleme de lire!!mdr je taime ma faty

Hizys disse...

tolinha =) bisous ma barbie :P