Amigos assim-assim

Li hoje numa tira da Mafaldinha que "crescer é dizer adeus às coisas" e a frase ficou colada no fundinho da minha nuca. Sou muito ingénua, sabes? Ainda acredito em contos de fadas e os filmes da Disney são os meus preferidos. Talvez por isso não consiga deixar de ir aos jantares de aniversário de amigos "assim-assim", aqueles que me deixam na ponta da mesa e que na noite inteira falam duas vezes comigo: para dizer "olá, obrigada pela tua presença" e "adeus, espero que tenhas gostado". A verdade é que já fui dizendo adeus a alguns amigos nos últimos anos: da faculdade, do secundário... até de infância (esses doem mais, é como se te arrancassem o apêndice à força, sem uma anestesiazinha, nada). Por minha culpa, por culpa deles. Porque eu desisti de insistir que ficassem, porque eles deixaram de insistir em ficar. Não somos piores pessoas por isso: à medida que deixamos as barbies e depois os livros de estudo, mudamos de interesses, temos outras conversas, deixamos de gostar daquele café e daquele restaurante. Mas não deixa de doer, sobretudo quando percebemos que esses amigos "assim-assim" querem usar desse estatuto imenso que é a Amizade, mas só aparecem uma ou duas vezes por ano para perguntar se está tudo bem, se temos emprego, namorado, se os pais e a irmã estão bem.
Antes, dizia que tinha muitos amigos. Sentia-me orgulhosa por isso. Sentia-me bem rodeada, tinha sempre planos e programas. Mas logo que o tempo e o dinheiro apertam, para onde foram esses amigos?
Hoje orgulho-me dizer que tenho poucos amigos, daqueles que não fogem quando não dá, quando temos de adiar. Aqueles que sabem que algo não está bem quando não falamos. Aqueles que enviam uma mensagem só para dizer bom dia. São raros, esses amigos. São raros, e são meus.

Comentários

Susana disse…
http://www.citador.pt/textos/o-que-distingue-um-amigo-verdadeiro-miguel-esteves-cardoso
;)
Alexx M. disse…
Menina, não são precisas palavras pois não?
<3-te assim muito muito muito. Do teu tamanho e do meu, do tamanho do universo e da nossa amizade*****
Tracey disse…
adoro-te Xaninha :) obrigada por seres uma amiga de verdade, RARA*
Marta disse…
É mesmo assim! Sò interessa quem está, quem nos faz bem, quem se importa mesmo em ouvir-nos e está a nosso lado! É raro mas existe:) e é fantásticoooo!love you tita
Estamos aqui... sempre ! <3