domingo, janeiro 28, 2007

Adeus

Vivemos no vício do desejo, na doença da dependência e da carência.
A pureza da vida também morreu com ela.

2 comentários:

Anónimo disse...

xau...
:\\

negative creep disse...

quando alguém descobrir como se curam essas drogas faz favor de me avisar. há quem consuma o menos possivel, mas não deixa de consumir