sábado, outubro 12, 2013

Eterna juventude

"- Não sonha com um elixir da eterna juventude?
- Não. Já fui muito sonhador, mas agora como sou mais desumano sonho menos. E não sei se suportaria ficar eternamente num mundo assim. Comigo a vida tem sido muito gratificante, mas, ao mesmo tempo, é muito violenta. Não consigo sintonizar-me pacificamente com a violência a que estamos sujeitos. Interessa-me que, quando morrer, que morra completo. Se tiver cumprido as obrigações e estiver de consciência limpa, talvez não morra cedo nem tarde, mas morra certo."

Valter Hugo Mãe

Sem comentários: