=)

obrigado pelo sorriso. Que entrou em mim como uma luz esquecida, refugiada no aroma das tuas rosas, o rubor da cor das rosas percorreu-me as faces em passo acelerado. Corrida de fórmula 1 no coração. O sol dentro de mim, a rebentar em sangue de raios. A alegria a desfazer-se em sorrisos naquele segundo. Tentar apagar a desilusão com uma borracha e viver. Amo-te.

Comentários

Jorge Oliveira disse…
Eu gosto muito do que escreve. Sei que não será novidade para si, este “gosto do que escreve”, mas eu reforço e este “gosto” é apenas meu. Já comentei alguns post, como anónimo, pois não tinha qualquer blog ainda criado. Estou a começar a dar os primeiros passos no mundo dos blogs, adicionei o seu como um dos meus favoritos.

Nem sei como começar, ou se tenho algumas hipóteses, mas vou arriscar em pedir-lhe, muito humildemente, que adicione o link do meu blog ao seu, para que o mesmo possa ser mais divulgado: http://afacedossentidos.blogspot.com . Isto Se gostar do conteúdo do mesmo, outra coisa também não faria sentido.

Obrigado e Com Amizade
Jorge Oliveira
Anjo* disse…
Muito bonito. Não pude deixar de sorrir ao ler. Quando aquela pessoa especial sorri para mim, é também assim que me sinto. Realmente bonito.