quarta-feira, fevereiro 22, 2012

Meteorologia

Chovia a conta-gotas como se cada gota estivesse precisamente destinada a cair assim, numa perfeita simetria de água sem palavras. O tempo passa rápido, dizem os especialistas. A meteorologia da vida. Nada como esta chuva sem pressas. O céu chora devagar e toca com as suas lágrimas em cada pequeno mortal, que passeia por este mundo de luas cheias e vazias. Enquanto o céu chora lentamente, as nossas vidas vão avançando ao ritmo de uma valsa, rápida e engenhosa. No fim da dança, parece que ainda estávamos no início. A valsa não é eterna. Os rostos vão acumulando o tempo e as imperfeições. Só o céu continua a chorar uma perfeição que magoa. Uma perfeição que faz inventar novas metáforas, um choro que se transforma em riso quando as pequenas gotas fazem comichão no nariz e na pele. Quando os arrepios de viver nos fazem correr, nos fazem sonhar. Eu sou um sonho transformado em realidade. Um único momento entre o aqui e agora. Somos uma pequena gota que um dia terá de secar. Mas agora, só agora, a meteorologia prevê chuva a conta-gotas e sol no coração. Talvez seja um bom dia para passeares dentro de mim e eu dentro de ti. Porque lá fora o céu continua a chorar baixinho sem fazer alarido. E o tempo passa rápido, não te esqueças nunca. É o que dizem os especialistas. Saberão eles que entre a chuva passou o amor? E não foi a conta-gotas. Foi a contra-relógio, contra a corrente, contra os muros, até desaguar em nós. O amor passa rápido, dizem também esses especialistas. Mas o que sabem eles?Ainda ontem diziam que hoje ia estar sol e nem trouxe guarda-chuva. Agora encharquei o meu casaco favorito e corro pela rua. Pelo menos está sol no meu coração. Só falta darmos aquele pequeno passeio.

Sem comentários: