Espantalhos sem coração

Quando irão fugir os monstros do armário? Monstro do meu armário e papão debaixo da minha cama, se me estão a ouvir (ou a ler, neste caso) não assaltem o portão azul, rua de todos os medos, nº de não sei quantas almas em mim depostas. Força de espírito e de vontade faz-me uma estaca para espetar nas entranhas dos espantalhos de palha que me perseguem. Que nos perseguem nas esquinas da rua da vida. Talvez, como no feiticeiro de Oz, os espantalhos só precisem de um coração, e eu que me finjo de leão, necessite de ir ao grande feiticeiro de Oz pedir coragem. Em Oz, no país das maravilhas, na terra do Nunca. Num mundo paralelo onde o ser humano bebe a água da fantasia e abre todas as portas sem chaves tangíveis.

Comentários

Hizys disse…
parece o blog da minha afilhadinha =)

tu já tens um coração de leão, não precisas de ir ao mundo de Oz! e o coração é maior que os monstros!
Eternal disse…
Os espantalhos assustam-me!!!Beijinho
delusions disse…
muito giro!
bom fim-d-semana*
AR disse…
"hush little baby, don't say a word and nevermind that voice you heard...it's just the beasts under your bed...in your closet, in your HEAD!" - Metallica, Enter Sandman

boas férias! férias cor de rosaaaa************* ;)
O mundo de Oz, não! Monstros no armário, também não! Mas... os monstros estão à mostra... eles cirandam nessa caixinha mágica chamada TV, cada vez mais cínicos, cada vez mais sorridentes.... enquanto o mundo se atola na lama belicista...
Racas disse…
hey hey, talvez os monstros do armário sejam fofinhos como aqueles do Monsters Inc. Só tens que ter coragem para enfrentá-los. Assim que o fizeres, vais sentir-te melhor e eles desaparecem.

Mas sim, o que eu não dava para o Peter Pan me vir buscar, ou para cair no Pais das Maravilhas. Sair daqui, para um mundo onde a fantasia e a magia são reais e possiveis. Para um mundo onde os sonhos não são destruidos à queima roupa.

Não podemos Ísis, temos que ficar neste mundo e enfrentar todos os monstros e espantalhos.

Força!!*
Anónimo disse…
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.