Sinos


 Posted by Hello
Ao ensurdecedor ressoar dos sinos na sala escura, fechada, asfixiante e tenebrosa em que está aprisionada, a minha alma treme à solenidade condenadora de cada toque, e a música torna-se um uivar aterrador de dedos esticados que gritam revolta, desilusão, condenando, julgando, abrindo-me por dentro e apontando a podridão que me consome. Tapo os ouvidos. Destapo. Os sinos já não tocam lá fora… os dedos desapareceram… mas os sinos martelam ainda a minha mente, movidos pela minha alma, transformada, distorcida, modelada por tantos dedos finos, pontiagudos, de longas unhas afiadas de incompreensão e julgamento…

Comentários

Terreno disse…
Deixa tocar os sinos, presegue- os...deixa que entrem em ti. Só com o telintar de sinos se fazem sons melodiosos em nossas mentes. Só ai poderemos construir a musica da nossa vida...
Susana... disse…
Não temas ser julgada e condenada por essa música aterradora...
Quando ela desvelar a essência que te povoa, admirar-te-á com todas as suas forças...
Nesse instante, os sinos farão longas festas na tua cabeça, quais dedos finos de infinita compreensão...
És grande! Nunca deixes que te convençam do contrário! =) ***********************************
Fátima disse…
obrigado...poucos são os que compreendem a mensagem deste pequeno texto...mas vocês vêm-me... obrigado terreno e obrigado bruxinha olindinha...=)beijos...
Susana... disse…
Ó menina Ísis, eu quero deleitar-me com os seus textos!;) Avise-me qnd sair o próximo post!! I can't wait!! =P
Beijoca laroca maninhaaa!! =)*