terça-feira, dezembro 05, 2006

Eu comigo, por Alberto Caeiro

"(...)
Não tenho ambições nem desejos,
Ser poeta não é uma ambição minha
É a minha maneira de estar sozinho."

6 comentários:

Master Inutile disse...

De estar sozinho e de estar com os outros eu diria!

*eu gostava de ser poeta...*

xD

Gonca AV disse...

e eu gostava de saber escrever como tu..

Anónimo disse...

Escreves. Partilhas a tua "solidão".

Pakena Ticá disse...

Cada um tem a sua maneira de estar sozinho.... Gosto dessa tua maneira :)

**

AR disse...

poiésis no seu melhor!
:)

Klatuu o embuçado disse...

Claro... e o poeta é um fingidor... :)